RISCOS DE NEGÓCIO

Todos os desafios da vida vêm acompanhados de riscos, seja um atleta sujeito a lesões, investidores que podem perder todo o dinheiro aplicado ou um empreendedor sujeito à falência em diversos casos. Portanto, se você está prestes a abrir seu negócio, fique atento aos erros na hora de empreender e elabore estratégias eficientes para não ceder aos riscos inerentes ao mundo do empreendorismo.

Conheça os riscos!

Existe uma série de fatores a serem analisados e definidos antes mesmo de abrir o negócio, ou seja, conhecer os riscos é se preparar para vencê-los. Esses riscos podem ser NEGATIVOS, que se associam às ameaças que reduzem o desempenho dos resultados. E os riscos POSITIVOS quando estão relacionados às oportunidades de investir na melhoria do negócio através de objetivos estratégicos.

Os RISCOS

Basicamente os riscos se dividem em dois patamares:

Os riscos EXTERNOS são aqueles que não dependem necessariamente do funcionamento interno da empresa, normalmente avaliados em negativos, como:

Sazonalidade: determinada pelo aumento ou redução significativa de vendas em épocas específicas do ano. Negócios que possuem a sazonalidade como característica são arriscados, o que demanda maior capacidade estratégica. Além do exemplo mais tradicional do setor hoteleiro que sofre com as altas e baixas temporadas, imagine como as vendas caem no inverno para um comércio de piscinas? Oferecer promoções e complementar a oferta de produtos/serviços podem contribuir na sazonalidade.

Boom x retração: Na retração a procura por bens/serviços é menor e a disputa por consumidores é muito maior. Em contraposição quando há prosperidade desses setores há muita procura pelos consumidores, e um “boom” na quantidade de novas empresas. Por exemplo o segmento da construção civil, que apresenta constantemente períodos de explosão, estagnação e retração, provocando a falência de diversas empresas. Se quer entrar nesse mercado esteja preparado para a retração!

Economia: Imprescindível analisar as economias em recessão para avaliar se existe oportunidade de negócio. Verifique o histórico e as projeções para os setores da indústria, de serviços e de comércios. Por exemplo o setor industrial no auge da recessão do país em 2016, que apresentou um número significativo de empresas fechadas.

Existência de monopólio: Um velho conhecido no mercado brasileiro que domina o mercado definindo regras comerciais e dificulta a concorrência. Situação bem comum no setor de combustíveis, produtos químicos e na comercialização de pneus.

Já os riscos INTERNOS são relativos à gestão do negócio, avaliados como positivos, já que podem ser reduzidos e até transformados em oportunidades através das habilidades dos gestores. Problemas nas finanças, produção, equipe, fornecedores, falta de conhecimento técnico, alto capital para investimento, dificuldades para legalização da empresa.

Sendo assim, se você deseja abrir o seu próprio negócio não adianta fugir dos riscos, o segredo está em enxerga-los e transformá-los em oportunidades. Lembre-se que por trás de todas as pessoas bem-sucedidas houveram dificuldades, superação e aprendizado que se transformaram em estímulo para alcançar o sucesso.

Conte com a FCB Consultoria para abrir o seu novo negócio. Nossa equipe está pronta para acompanhamos todo o processo de abertura e desenvolvimento da sua empresa. Faça parte do mundo do empreendedorismo com sucesso garantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *