ADMINISTRADOR X EMPREENDEDOR

Provavelmente você já ouviu falar que empreendedor não é administrador, mas todo administrador é um empreendedor. Segundo Dornelas (2005) há muitas semelhanças no papel do administrador e do empreendedor, entretanto se divergem em alguns pontos, pois os empreendedores são mais visionários do que a maioria dos administradores. Ainda ressalta que cada um tem seu papel fundamental dentro da empresa a partir de habilidades que se complementam.

Então você se pergunta: Sou um administrador empreendedor ou um empreendedor administrador?  Bom, se você conseguir aliar as duas funções seu poder profissional se torna muito mais eficaz.

ADMINISTRADOR X EMPREENDEDOR – CONCEITOS

De modo geral o administrador se concentra nos processos, controle, informações, analise e qualidade com espirito de liderança, já o empreendedor foca nas oportunidades, criatividade e inovação.

O administrador e aquele com formação e conhecimento teórico em administração, com a função de gerenciar de maneira formal seguindo a cultura da empresa. Possui uma visão abrangente, planeja, organiza, controla e lida com diversos problemas de maneira analítica e estratégica.

O empreendedor, termo difundido há aproximadamente uma década, se destaca pela capacidade inovadora e seu foco nas oportunidades do mercado. Ele assume riscos, atua por paixão, é visionário e toma decisões rápidas, consciente da possibilidade de fracassar.

A efeito comparativo preparamos o quadro de características de cada função:

JUNTANDO AS HABILIDADES

O mercado está em constante mudança e cada vez mais competitivo, pode-se afirmar, portanto, que o profissional que não se adaptar e buscar qualificação contínua perderá a oportunidade de crescimento.

Sendo assim, a lista a seguir, considera pontos que geram valor ao profissional que equilibra tanto o papel de administrador quanto o de empreendedor:

  1. Estar atento as novidades;
  2. Ser persistente e corajoso parar erra e se reerguer;
  3. Correr riscos calculados;
  4. Comprometimento com o negócio;
  5. Acompanhar as novidades do mercado;
  6. Estabelecer prazos;
  7. Estabelecer e planejar metas a longo prazo;
  8. Monitoramento sistemático dos processos;
  9. Bom relacionamento com a rede de contatos, clientes e funcionários;
  10. Autoconfiança.

Se seu lado administrar prevalece, busque mais criatividade e exerça uma mentalidade empreendedora, mas se seu lado empreendedor falar mais alto, invista em novos conhecimentos técnicos. Não fique preso aos conceitos antigos e rígidos, pois o mundo moderno sempre exige que sejamos mais do que somos.

Reinvente-se como profissional! Conte com a FCB Consultoria para identificar os pontos a serem melhorados e se adaptar ao mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *