GESTÃO DE CUSTOS: ESTRATÉGIA 3 – PRODUTIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS

Quando sua empresa passa por alguma dificuldade financeira imediatamente você já pensa que é preciso vender mais, certo? A notícia é que as operações necessárias para aumentar as vendas são mais complexas e o resultado nem sempre é imediato, além disso dependem de outras circunstâncias, como o mercado. Então, que tal mudar a estratégia e tentar otimizar os custos do seu negócio e obter resultados imediatos de maneira mais simplificada? Fique atento a série de matérias que preparamos sobre Custos pelas próximas semanas. O tema de hoje é PRODUTIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS.

A gestão e qualidade dos recursos humanos da sua empresa é essencial para mantê-la competitiva no mercado. Por isso, avaliar com clareza os resultados do seu colaborador é fundamental para definir estratégias. Você sabe quanto o seu funcionário produz? E para você, produtividade está ligado somente a quantidade?

De maneira proporcional para relacionar o quão produtivo tem sido um funcionário considere os seguintes fatores:

Quantidade de horas gastas para realizar uma função + seu valor de produção.

Portanto, se um funcionário entrega um serviço de forma rápida, mas com muitos erros considerando os fatores mencionados anteriormente ele tem sido improdutivo para a sua empresa.

Em contraponto, se um funcionário entrega um serviço ou produto de qualidade, porém com extremos atrasos também apresenta problemas de produtividade.

Então como definir em números tangíveis o quão produtivo um funcionário tem sido para a minha empresa?

Existem duas fórmulas que vão ajuda-lo:

Fórmula geral: produtividade = valor das saídas úteis ÷ pelos custos totais para obtenção das saídas.

Fórmula de caráter mais financeiro: produtividade = receita total ÷ pelo custo total.

Ao avaliar sua equipe, você poderá adaptar as fórmulas acima de acordo com as atividades e funções específicas de cada colaborador dentro da empresa.

Atenção! Alguns cuidados devem ser tomados ao avaliar a produtividade dos seus funcionários observe os seguintes aspectos!

  1. Nem todos fatores para definir se um funcionário está sendo produtivo são mensuráveis.

Um bom exemplo é a qualidade do relacionamento a equipe ou até mesmo o comprometimento e identificação com a marca, atores que apresentam impacto na produtividade geral da empresa e que são muito importantes!

 

  1. Realize acompanhamento com frequência.

É preciso fazer o acompanhamento frequente dos funcionários. Os dados têm que ser coletados de forma fiel e atualizada.

 

  1. Use a tecnologia a seu favor

Coletar e analisar todos os dados podem dar muito trabalho e demandam tempo. Existem opções como softwares de registro de dados, planilhas, aplicativos e etc. Essas ferramentas irão auxiliá-lo na síntese dos dados.

 

  1. Elogie sempre

Vale ressaltar que a produtividade do funcionário também está ligada ao quanto ele se sente valorizado na empresa, portanto não esqueça de valorizar aqueles que se mostram mais eficientes e cada avanço da equipe.

Lembre-se pessoas são um bem de valor imensurável para a sua empresa e a boa gestão da equipe pode trazer ganhos que vão além de números por isso se empenhe ou delegue a função a um especialista para identificar falhas e propor soluções que visam os objetivos do negócio com boas práticas de gestão. Conte com as ferramentas e conhecimento da FCB Consultoria para gerir os custos do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *